Neste domingo (21), a cidade de Palmeira dos Índios tem um grande motivo para festejar: o aniversário do “tricolorido” palmeirense, que está completando 73 anos. Clube que tem uma torcida apaixonada e leva o nome do time com tanto orgulho e tem como mascote um Índio Xucurú.

O Clube Sociedade Esportiva (CSE) tem como principais conquistas dois vice-campeonatos Alagoanos (1977 e 1987) e seu título mais recente foi a segunda divisão do estadual de 2019. Neste ano, até a paralisação do campeonato local, estava na quarta posição com grandes chances de classificação.

Para melhor saudar e representar este time com grande história no interior do estado, a equipe do Amistoso AL conversou com o presidente José Barbosa, que aproveitou para cumprimentar a “nação tricolorida” e contar um pouco dos desafios superados pelo clube nestes últimos dois anos e nos revelar, em primeira mão, que o clube já está se planejando para um possível retorno ao Campeonato Alagoano.

Na entrevista, o representante fala do seu o orgulho em fazer parte dessa diretoria, que segundo ele resgatou a dignidade do clube, que andava em baixa depois do seu descenso em 2018 para a segunda divisão. Barbosa relembra que assumiu a frente do clube em 2019 e que até anos anteriores o clube recebia um valor de seu principal patrocinador e que nesse ano sofreu uma redução de 40%.

O presidente conta que esse impacto financeiro foi um desafio e tiveram que fazer um novo planejamento em cima desse valor, mas que com muito esforço e um trabalho sério conseguiram contornar a situação, conquistando o campeonato e devolvendo a alegria à torcida com o acesso à elite do futebol alagoano.

Situação atual do CSE

Na atualidade, o CSE ocupa a quarta posição no estadual, que está interrompido por conta da pandemia. De acordo ao presidente, na sexta-feira (19) o clube pagou a primeira parcela de duas que tinha acordado com os atletas referentes a rescisão do contrato. Ressalta que o prefeito municipal está sendo um grande parceiro do clube.

Barbosa diz que o clube já está pensando em um futuro retorno do campeonato e que eles querem vir para disputar o título. Sabem da dificuldade, mas não é impossível. Segundo o representante, para o retorno a equipe irá sofrer uma baixa de pelo menos seis jogadores que são da região sudeste, mas que o tricolor contará com boa parte do plantel que já vinha na competição e que já está realizando novos contatos com outros jogadores. O presidente não quis revelar o nome, mas confirmou que um dos jogadores que o clube está em negociação é um ex-jogador do Vasco da Gama, do Rio de Janeiro. Ao referir-se ao retorno afirma: “no recomeço devemos estar entre os quatro melhores de Alagoas e brigar pelo título do campeonato. Sabemos que é difícil, extremamente difícil, mas não impossível”, conclui o presidente.

Mensagem do presidente aos torcedores

“Quero dizer à nossa apaixonada torcida que tudo nós faremos, o possível e o impossível, e que precisamos da ajuda dela. Nós vamos fazer uma equipe competitiva e tenho absoluta certeza que faremos parte dos quatro melhores da final. O título é difícil, mas vamos brigar por ele. Gostaria de dar os parabéns ao nosso amado tricolorido e dizer à nossa torcida que nesse quadrangular, nos ajude, nos apoie, porque o único patrimônio que temos é a nossa torcida”, afirma José Barbosa.

(Crédito da imagem: Ascom CSE)