“Na eliminatória qualquer erro pode ser fatal”, afirmou o atacante do CRB, Léo Gamalho, em entrevista dois dias antes da partida contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Segundo ele, a desatenção ocorrida no final do jogo contra o Vitória, no último sábado, 22, não pode ser repetida na quarta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Gamalho admitiu a falta de atenção do grupo e a orientação do técnico Marcelo Cabo de que, em situações como esta, a equipe deve segurar mais a bola e reforçar a marcação. “Acabou ocorrendo falha nesse aspecto, mas isso trás um aprendizado. É bom que aconteça agora, para depois dar tempo de recuperar. Isso serve de lição para que a gente não dê brecha”, colocou.

Disse que o time não pode errar contra o Cruzeiro. "É uma grande equipe. Temos que respeitar, mas devemos estar atentos sempre. Isso nos serve como alerta para esta partida também”.

O centroavante quer esquecer a vantagem de dois gols no jogo de volta e reforçou que o time deve atuar como na primeira oportunidade. “Temos nossa maneira de jogar e nossa identidade. Não podemos relaxar por conta da vantagem. Vamos jogar em casa e temos que ter o domínio”, ressalta.

Cinco meses depois

Os dois clubes passaram por mudanças, contratações e alterações que podem mostrar uma formação diferente. No CRB, por exemplo, foram contratados logo após a partida pela Copa do Brasil o meia Magno Cruz, o atacante Bill, o volante Thiaguinho, o meia Diego Torres e, mais recentemente, lateral-direito Reginaldo e o zagueiro de mesmo nome.

Do lado da Raposa, com modificações do elenco, do técnico e até do presidente, o time de Enderson Moreira vem para a disputa bem diferente daquele que jogou em março contra o Galo.

Sobre o novo cenário dos clubes, Gamalho ressaltou as mudanças de formação, inclusive de filosofia. “Acompanhamos os jogos do Cruzeiro para termos a atenção redobrada e não perdermos a vantagem”.

Boa fase

Por fim, o atacante justificou a boa fase afirmando que vem trabalhando forte, aprimorando o trabalho e focando nas finalizações para alcançar os objetivos. “Essa sempre foi minha característica e o apoio dos colegas tem sido fundamental”, conclui.

(Crédito da foto: Reprodução/Fox Sports)