A nova casa do CSA está pronta! Após meses de reforma, o Centro de Treinamento (CT) Nelson Peixoto Feijó, o Nelsão da Via Expressa, que abrigará o time até que seja construída sua sede permanente, está apto a receber os jogadores e comissão técnica assim que acabar a paralisação devido à pandemia do Coronavírus.

A informação foi repassada pela assessoria de comunicação do clube na noite de ontem, 03. O novo espaço vai abrigar dois campos - com previsão de um terceiro – departamento médico com ala para fisioterapia, consultório médico e fisiologia, academia, vestiário, sala de imprensa, departamento de comunicação, departamento de futebol, sala de reuniões e do administrativo, além de lavanderia, cozinha, refeitório e sala do sócio torcedor, que estão em fase de acabamento. Com o sinal verde para a mudança, o clube aguarda agora a liberação dos órgãos de saúde do estado para voltar aos treinos presenciais, uma vez que a equipe já trabalha em sistema de home training a parte técnica e orientações para condicionamento físico.

Foto: Ascom CSA

“Nossa nova casa está pronta! Foram quase 100 anos no Mutange. Nossa antiga casa nunca será esquecida pela Nação Azulina. Tantas histórias, títulos, acessos foram vividos no antigo CT Gustavo Paiva. Agora é um novo momento. Nosso novo centro de treinamento está pronto para receber os atletas e todos os funcionários do Azulão”, publicou a assessoria no Instagram.

A história quase centenária do time com o bairro do Mutange teve que ser interrompida no final de março devido aos problemas de instabilidade do solo na região, causando diversos transtornos para milhares de famílias, que também tiveram que deixar suas casas. O novo espaço é temporário, uma vez que o novo CT Gustavo Paiva, que deverá ser construído no município de Rio Largo, terá um projeto ousado e com instalações modernas, segundo informações do clube. Os custos da construção sairão da indenização paga pela Braskem.

Foto: Ascom CSA

Apelo

Mesmo com as contas organizadas e com um fôlego um pouco maior em relação à maioria das equipes alagoanas, o CSA também está sofrendo com o impacto da
pandemia. Essa semana o presidente azulino, Rafael Tenório, fez um apelo para que os torcedores não deixem de contribuir com as mensalidades de sócios, a fim de manter o time com o padrão conquistado nos últimos anos.

“Não nos abandone. A torcida do CSA sempre teve a força de resgatar o clube nas maiores dificuldades. No rebaixamento para o estadual, sem série na competição
nacional e hoje o clube está extremamente organizado. Mas precisamos de você sócio torcedor, mesmo com sacrifício, faça sua contribuição. Estamos atravessando um momento de dificuldade, com muita turbulência em nosso voo, mas não podemos parar nem deixar de conduzir essa aeronave. O CSA é gigante e precisamos de você para que o clube continue sendo essa força do futebol brasileiro”
, colocou Tenório.

(Crédito da imagem: Ascom CSA)