A Associação Atlética Coruripe pode ser beneficiada pelo Mecanismo de Solidariedade nas transações do ex-volante da Seleção Brasileira, Luiz Gustavo, que teve uma breve passagem pelo clube.

Segundo o vice-presidente da equipe, Franciney Joaquim dos Santos, no início do ano passado o clube recebeu uma ligação de um advogado do Rio de Janeiro informando sobre o direito em receber uma porcentagem sobre as transações internacionais do jogador de acordo com a cláusula do Mecanismos de Solidariedade, exigida pela FIFA nos contratos.

Em outubro de 2019 a entidade foi procurada novamente pelo bacharel, que solicitou as documentações para dar início aos trâmites. O valor ainda não foi informado, o que se sabe é que o Hulk Praiano tem direito a 0,08% das transações.

Mecanismo de Solidariedade da FIFA

De acordo com o Regulamento de Transferências da FIFA, é permitido que a equipe formadora do atleta possa receber até 5% de cada transferência internacional de um jogador. O valor pode ser dividido proporcionalmente a todos os clubes pelos quais o atleta passou até os 23 anos, período de formação do jogador.

A divisão ocorre da seguinte forma: na temporada do 12º ao 15º aniversário, o clube leva 0,25% da compensação total por cada ano. E na temporada do 16º ao 23º aniversário, o time leva 0,5% dessa compensação total anualmente.

Luiz Gustavo

O ex-diretor de futebol, Roswellington Tavares, relembra que Luiz Gustavo teve uma passagem curta pela equipe. O atleta teria vindo através de um empréstimo para disputar a Copa Alagipe: “como pessoa e profissional, sempre tranquilão”, afirma Tavares.

O jogador atualmente defende as cores do clube turco, Fenerbahçe Spor Kulübü, de Istambul, mas entre as equipes estrangeiras que já passou estão: Olympique de Marseille, da França, e as equipes alemãs, Wolfsburg, Bayern de Munique, Hoffenheim. Luiz Gustavo também teve passagem por outros time alagoanos como CRB e Corinthians Alagoano.

(Crédito da imagem: dw.com)