O CRB levou o título de Campeão Alagoano 2020 na noite desta quarta-feira, 05, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O Galo devolveu o placar de 1 x 0 da sexta-feira contra o CSA em uma partida equilibrada do ponto de vista tático e numa competição que vai ficar marcada devido às dificuldades impostas pela pandemia.

Após a vitória, o técnico Marcelo Cabo, que conquistou o tricampeonato em solo estadual (dois pelo CSA e um pelo Galo), falou que se sente lisonjeado pelo título,
necessário para dar solidez ao trabalho desenvolvido pela equipe.

Ele ofereceu a vitória à torcida, à direção e ao clube que, segundo ele, os apoiaram durante a jornada até a conclusão do Estadual. “Quero presentear a torcida e ressaltar que esse foi um campeonato atípico. Tivemos jogos de dois em dois dias e, por isso, o trabalho do preparador físico, da fisioterapia e de todo o departamento médico foi fundamental para buscar esse título”, explicou.

Disse que antes da partida conversou com os jogadores sobre superação, como forma de estimulá-los a procurar a vitória, já que a equipe vinha de uma derrota para o CSA e um empate com o ASA. “Corrigimos o que tínhamos que corrigir. Fugimos da característica da nossa equipe, não começamos marcando pressão. Fizemos um jogo mais encaixado. Perdemos o Carlos Jatobá logo no início e colocamos o Whashington pela sua experiência. Depois trabalhamos a bola e conseguimos fazer um gol similar ao que tomamos no último clássico. E os que entraram fizeram boa partida: Bill e Menezes. Estamos muito felizes com o título”.

Com a vitória, o CRB também conseguiu vaga na Copa do Nordeste 2021 e já está garantido na Copa do Brasil do ano que vem.

(Crédito da imagem: Ascom CRB)