O atacante Nona, do Coruripe, teve afundamento do maxilar - lado esquerdo - aos 15 minutos da partida contra o ABC nesta quarta-feira, 14, e deverá ficar dois meses longe dos gramados. A informação foi confirmada pela assessoria do clube, que afirmou que o jogador passou por procedimento cirúrgico no Hospital Geral do Estado (HGE), logo após ser transferido da unidade hospitalar Carvalho Beltrão para a capital, e já está em repouso.

O acidente ocorreu logo no primeiro tempo em choque com o meia Valderrama, do ABC. Além de Nona, o Hulk Praiano também tem no departamento médico o goleiro Alexandre, o zagueiro Elivelton e o atacante André, que ainda são dúvidas para o jogo contra o Central no domingo.

A delegação viaja nesta sexta-feira, 16, para Caruaru, quando joga contra o Central, no domingo, 18, às 15 horas, no estádio Luiz Lacerda.

(Crédito da foto: Ascom Coruripe)