O sentimento de dever cumprido é o que permeia o ambiente do Murici Futebol Clube após a vitória nos pênaltis contra o ASA neste domingo, 16, e a conquista da vaga para a Copa do Brasil de 2021. A partida, realizada no estádio Rei Pelé, em Maceió, terminou empatada em 0 x 0, o que levou a decisão para os tiros livres.

Em entrevista ao Amistoso AL, o técnico Elenilson Santos afirmou que a vitória coroou o trabalho desenvolvido pela equipe durante o ano. “Já tínhamos conquistado o título de campeão do interior e ontem conseguimos a vaga na Copa do Brasil 2021. Foi o resultado de um grande trabalho feito pelos profissionais, comissão técnica e pelo clube”, colocou.

A vitória também irá projetar, segundo Santos, o clube e os atletas que voltarem à equipe no ano que vem. “Eu conversava com os jogadores que, com essa conquista, aqueles que retornarem no próximo ano teriam a possibilidade de ter um contrato melhor, porque o clube teria um aporte bom para pagar um salário melhor. E é um feito importante também para o clube se reestruturar, porque é preciso ter visão de crescimento o todo tempo”, disse.

O treinador lembra, ainda, dos prejuízos causados ao time com a paralisação e afirmou que talvez, se não houvesse a interrupção, o resultado podia ter sido outro. “Nosso futuro podia ser melhor. Estávamos liderando de forma invicta, tendo vencido CSA, CRB e ASA. Depois tivemos quatro meses parados e quando voltamos treinamos pouco mais de uma semana para enfrentar o CSA, que estava há 40 dias em treinamento e já tinha feito quatro jogos. Mas apesar de tudo, agradecemos a Deus pela grande campanha que fizemos esse ano”, finalizou.

(Crédito da imagem: Ascom Jailson Colácio)